Categorias
MOGI DAS CRUZES

Em Mogi das Cruzes, larvicida contra a dengue começa a ser espalhado por drones



Uma nova estratégia de combate à dengue começou a ser utilizada pela Prefeitura de Mogi das Cruzes na última semana. Ainda em fase de testes, a ação consiste em espalhar larvicida por meio de drones em áreas com foco do mosquito Aedes aegypti.



De acordo com a administração municipal, o serviço complementa o trabalho do Núcleo de Prevenção e Controle de Endemias em locais nos quais os agentes de saúde não conseguem acessar, como telhados de casas, lajes, galpões e terrenos baldios.

Siga nosso Canal no WhatsApp e receba todas as notícias da cidade no seu celular!

As primeiras aplicações foram realizadas em locais como Jardim Santos Dumont, onde há grandes áreas com potencial para criadouros e alta incidência de casos. Segundo a Prefeitura, posteriormente será realizada uma avaliação técnica sobre a eficácia da ação.



Mogi das Cruzes registrou, até a última sexta-feira (10), 3.986 casos positivos de dengue e ainda aguarda resultados de 11.482 exames suspeitos. Além disso, já foram confirmados seis óbitos em decorrência da doença na cidade.



As duas vítimas fatais mais recentes foram confirmadas na última semana: uma mulher de 38 anos, moradora na Vila Natal, que faleceu na UPA Oropó no dia 19 de abril; e uma senhora de 82 anos, moradora na Vila Industrial, com comorbidades, que faleceu no dia 4 de maio, no Hospital Municipal de Mogi das Cruzes.

Ainda de acordo com a Prefeitura, a Secretaria Municipal de Saúde segue monitorando o cenário epidemiológico da dengue em toda a cidade e as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) estão preparadas para prestar atendimento aos casos suspeitos ou confirmados.

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região? Siga nossos perfis no Instagram e Google News e nossos canais no Telegram e WhatsApp

Compartilhe essa notícia: