Coronavírus: saiba como ajudar pessoas necessitadas com doações ou voluntariado

CIDADE

Em meio à disseminação do coronavírus (COVID-19) e as medidas adotadas pela Prefeitura de Mogi das Cruzes no sentido de frear o avanço da doença, como o fechamento do comércio e os pedidos de isolamento domiciliar, muitas pessoas dependerão da caridade do próximo para que possam enfrentar essa situação. Por isso, o Fundo Social de Mogi montou um esquema para receber doações aos necessitados e cadastrar voluntários que queiram auxiliar as pessoas do grupo de risco.

De acordo com a administração municipal, as pessoas podem doar qualquer item que entendam como necessário, porém a prioridade do momento são alimentos e/ou cestas básicas e produtos de higiene pessoal e limpeza doméstica – itens que ajudam no combate ao vírus. Após recebido, esse material passará por uma triagem e será encaminhado para famílias em situação de vulnerabilidade social, conforme o cadastro já existente no Fundo Social de Mogi das Cruzes. 

As doações estão sendo recebidas, a partir desta terça-feira (24), no prédio da rua Braz Cubas, 470, onde está a sede da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente.

Quem quiser contribuir de outra forma, como ajudando os idosos com compras no supermercado ou farmácia, pode se cadastrar, a partir do site da Prefeitura, no programa Família Solidária. Ao fazer o cadastro, a pessoa informa seus dados pessoais e também suas aptidões e/ou o público que deseja atender. A partir disso, é feita uma seleção e os voluntários passarão a ser acionados para o que for necessário.

A presidente do Fundo Social de Mogi das Cruzes, Karin Melo, lembra que já há voluntários do programa Família Solidária atuando, em especial em casas de abrigo de idosos. “Já estamos atuando em entidades que atendem idosos, como a Vila Dignidade, por exemplo, disponibilizando voluntários para fazer compras para eles, porque a maioria dos idosos ali não têm mais vínculos familiares. Ontem já fizemos essa ação e repetiremos quantas vezes forem necessárias, não só na Vila Dignidade, como em todos os outros asilos”, pontua. 

Quem quiser mais detalhes deve entrar em contato com o Fundo Social pelo telefone 4798-5143, WhatsApp 97407-8411 ou o e-mail fundosocial@pmmc.com.br. Vale lembrar que o atendimento presencial na sede do Fundo Social, assim como nos demais setores da Prefeitura, estão temporariamente suspensos.

Pró+Vida

O Instituto Pró+Vida São Sebastião, em Mogi das Cruzes, é uma das entidades que tem sofrido com o isolamento social das pessoas em época de coronavírus. De acordo com os mantenedores da casa, que se dedica a cuidar de dezenas de idosos, os estoques de fraldas geriátricas de seus abrigados estão praticamente zerados.

As doações de fraldas e alimentos podem ser entregues na entidade, que fica localizada na Rua Pedro Paulo de Carlo, nº 500, na Vila São Sebastião.

É importante ressaltar que, quem quiser ajudar, deve adotar todos os procedimentos de higiene para evitar uma possível disseminação do vírus entre os idosos, que fazem parte do grupo de risco. Para tanto, as embalagens dos donativos devem ser esterilizadas e, quem for até a entidade, deve tomar o cuidado de usar máscara e limpar as mãos com álcool gel.

Confira as últimas notícias sobre coronavírus em Mogi das Cruzes e Região

Entre em nossos Grupos de WhatsApp ou em nosso Canal no Telegram e fique por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região


Deixe um comentário:
Os comentários não representam a opinião do Notícias de Mogi e são de responsabilidade do autor da mensagem. Conteúdos com palavrões serão excluídos.

Veja também:

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *