Cidades do Alto Tietê usarão espaços alternativos para vacinação contra Covid-19

Em reunião virtual realizada nesta tarde pelos membros da Câmara Técnica de Saúde do Condemat (Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê), a maioria dos municípios da região declarou que utilizará espaços públicos, como escolas e ginásios de esportes, para a imunização dos grupos prioritários desta primeira etapa da campanha de vacinação contra o novo coronavírus (Covid-19), além das unidades básicas de saúde e do sistema de drive-thru, que será adotado por pelo menos quatro cidades (Mogi das Cruzes, Arujá, Itaquaquecetuba, Guararema e Santa Isabel).

Segundo o Condemat, também houve concordância dos municípios em padronizar os horários de vacinação de acordo com o porte populacional. Arujá, Biritiba Mirim, Guararema, Salesópolis e Santa Isabel vão formar um bloco (menos de 100 mil habitantes). Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá e Suzano formam o grupo de médio porte (até 500 mil habitantes). Nos próximos dias, esses grupos definirão os horários de vacinação.

“É importante a organização conforme o porte de cada município, no que diz respeito aos horários de vacinação, para que pessoas dos grupos prioritários sejam vacinadas mais próximas de suas casas”, explicou a coordenadora da Câmara Técnica de Saúde, Adriana Martins.

Ainda de acordo com o Condemat, com o planejamento avançado na competência municipal, a prioridade agora está no retorno oficial do Estado para questões fundamentais para o êxito da campanha, como o quantitativo de vacinas e de insumos (seringas e agulhas) destinados a cada município nesta primeira etapa; o sistema de informatização que será utilizado; a identificação dos trabalhadores de saúde aptos a receber a vacina e se o Estado enviará doses para trabalhadores da rede privada e, por fim, se haverá necessidade da assinatura de um termo de consentimento por parte dos imunizados, considerando que a vacina estará ainda em trâmites para registro.

“Desde o fim de 2020 os municípios estão se organizando para a campanha e em apenas uma semana das novas gestões tudo que é de competência municipal está conforme o planejamento. Agora faltam esclarecimentos por parte do Governo do Estado para que possamos estar ainda mais preparados para que a imunização dos grupos prioritários ocorra com segurança”, afirmou a coordenadora, ao enfatizar que a direção do Condemat está reforçando o pedido dessas informações ao Governo de SP.

Nesta segunda, o governador João Doria falou sobre a logística para a campanha de vacinação contra a Covid-19 em todo o Estado e adiantou que para os municípios acima de 30 mil habitantes a vacina será entregue diretamente, sendo que para os demais as retiradas serão semanais nos Grupos de Vigilância Epidemiológicos (GVE’s).

O governador adiantou que 20 milhões do total de 75 milhões de seringas e agulhas previstos já foram distribuídos aos municípios. Na região do Alto Tietê, nenhuma das dez cidades recebeu os insumos até o momento, segundo o Condemat.

Confira as últimas notícias sobre o coronavírus em Mogi das Cruzes e região

O portal Notícias de Mogi utiliza cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade

Leia mais