Categorias
ALTO TIETÊ

Caixa libera saque calamidade do FGTS a moradores de Itaquaquecetuba afetados pelas chuvas



A partir desta sexta-feira (10), os trabalhadores residentes no município de Itaquaquecetuba podem solicitar o saque do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) por calamidade. A liberação é decorrente das fortes chuvas que castigaram a cidade nas últimas semanas.



O saque poderá ser requerido até o dia 29 de maio, por pessoas que moram em áreas afetadas pelas chuvas, conforme endereços identificados pela Defesa Civil Municipal.



Para ter direito ao saque é preciso, ainda, possuir saldo na conta do FGTS e não ter realizado saque pelo mesmo motivo em período inferior a 12 meses. O valor máximo para retirada é de R$ 6.220,00. 



A solicitação deve ser realizada pelo celular, por meio do Aplicativo FGTS, na opção ‘Meus Saques’. O app está disponível para download gratuito nas plataformas digitais e é compatível com os sistemas operacionais Android e IOS. Ao registrar o pedido é possível indicar uma conta de qualquer instituição financeira para receber os valores, sem nenhum custo.



De acordo com a Caixa Econômica Federal, atualmente, estão com pagamento vigente do Saque FGTS por motivo de calamidade 61 municípios da Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Como solicitar o Saque FGTS

Confira a seguir orientações para o trabalhador que tiver direito ao saque por calamidade: 

  • Realizar o download do app FGTS e inserir as informações de cadastro; ir na opção “Meus saques” e selecionar “Outras situações de saque — Calamidade pública” — acessar a cidade; 
  • Encaminhar os seguintes documentos: foto de documento de identidade, comprovante de residência em nome do trabalhador, emitido até 120 dias antes da decretação de calamidade; 
  • Selecionar a opção para creditar o valor em conta CAIXA, inclusive a Poupança Digital CAIXA Tem, ou outro banco e enviar a solicitação; 
  • O prazo para retorno da análise e crédito em conta, caso aprovado o saque, é de cinco dias úteis. 

Documentação necessária

  • Carteira de Identidade — também são aceitos carteira de habilitação e passaporte; 
  • Comprovante de residência em nome do trabalhador: conta de luz, água ou outro documento recebido via correio, emitido até 120 dias antes da decretação de calamidade. 
  • Certidão de Casamento ou Escritura Pública de União Estável, caso o comprovante de residência esteja em nome de cônjuge ou companheiro(a). 

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região? Siga nossos perfis:

Por Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP