Categorias
BRASIL

Bolsa Família e Vale Gás de maio começam a ser pagos esta semana; veja calendário



A Caixa Econômica Federal inicia, esta semana, o pagamento do Bolsa Família e do Vale Gás referentes ao mês de maio. Ambos os benefícios do governo federal são destinados a famílias de baixa renda.



Os depósitos terão início nesta sexta-feira (17) e, como de costume, serão realizados de acordo com o último dígito do NIS (Número de Identificação Social) do beneficiário.



O calendário da parcela de maio do Bolsa Família e do Vale Gás do governo federal se estenderá até o dia 31 de maio. Confira todas as datas de pagamento a seguir:



  • Final 1: 17 de maio
  • Final 2: 20 de maio
  • Final 3: 21 de maio
  • Final 4: 22 de maio
  • Final 5: 23 de maio
  • Final 6: 24 de maio
  • Final 7: 27 de maio
  • Final 8: 28 de maio
  • Final 9: 29 de maio
  • Final 0: 31 de maio

Tanto no Bolsa Família quanto no Vale Gás, os beneficiários podem movimentar os valores pelo aplicativo Caixa Tem, não sendo necessário ir até uma agência para realizar o saque.



As famílias beneficiárias poderão consultar as informações das parcelas nos aplicativos Bolsa Família e Caixa Tem ou pelo telefone 111.

Bolsa Família

Para ter direito ao Bolsa Família, a principal regra é que a renda de cada pessoa da família seja de, no máximo, R$ 218 por mês. Ou seja, se um integrante da família recebe um salário mínimo (R$ 1.412), e nessa família há sete pessoas, a renda de cada um é de R$ 201,71. Como está abaixo do limite de R$ 218 por pessoa, essa família tem o direito de receber o benefício.

O valor mínimo do Bolsa Família é de R$ 600, porém, com os adicionais, o valor médio do benefício sobe para R$ 680,90. No mês passado (abril), o Bolsa Família alcançou 20,89 milhões de famílias, com gasto de R$ 14,19 bilhões.

Vale Gás

O Vale Gás foi criado para mitigar o impacto do preço do gás de cozinha no orçamento das famílias. Podem ser beneficiadas pelo Programa as famílias inscritas no Cadastro Único, com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário-mínimo, inclusive famílias beneficiárias de programas de transferência de renda implementados pelas três esferas de governo.

Atualmente, mais de 5,3 milhões de famílias recebem, bimestralmente, 100% do valor da média nacional do botijão de gás de cozinha de 13 quilos, que gira em torno de R$ 105,00.

Para receber mais notícias sobre finanças e benefícios sociais, entre em nossos canais no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia: