CULTURA

Banda Sinfônica de Mogi encerra série virtual com o concerto ‘Dançando pelo Mundo’

A série virtual iniciada em abril pela Orquestra Sinfônica de Mogi das Cruzes chega ao fim nesta quarta-feira (12), com a exibição do concerto inédito “Dançando pelo Mundo”, segunda participação da Banda Sinfônica de Mogi das Cruzes na programação “Concertos Matinais” da Fundação Osesp, realizada na Sala São Paulo no dia 27 de fevereiro de 2021.

Sob a regência do maestro Lelis Gerson, a Banda recebeu como convidados especiais os solistas Amarildo Nascimento (trompete) e Carlinhos Freitas (Trombone). O repertório reúne músicas espanholas, armênias, americanas, cubanas e em especial, a Suíte Nordestina, composição brasileira que comemora 50 anos desde seu lançamento, cuja Banda Sinfônica rende homenagens ao seu compositor, Mestre Duda.

Como será possível observar, toda a disposição dos músicos no palco da Sala São Paulo teve que ser repensada. O distanciamento adequado e seguro para os participantes foi respeitado e a apresentação não teve a presença de público.

A apresentação será transmitida a partir das 20h desta quarta-feira, no Canal do Youtube da Sinfônica.

Série virtual

A série virtual faz parte das contrapartidas assumidas pela Orquestra por ter sido uma das premiadas no Edital 53/2020, publicado pela Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa com recursos oriundos da Lei Emergencial à Cultura, mais conhecida como Lei Aldir Blanc.

“Nossa primeira Série Virtual teve o resultado que esperávamos. Mais pessoas puderam conhecer nosso trabalho que completará 20 anos em 2022 e, mesmo sem poderem ir aos concertos, tiveram a oportunidade de ouvi-los e vê-los”, diz o maestro e diretor artístico Lelis Gerson.

O maestro ressalta ainda que preferia realizar o concerto com a presença do público. “Nesse momento é preciso respeitar a vida das pessoas, porém, não podemos deixar de levar a música a elas”, afirma ele.

Banda Sinfônica

A Banda Sinfônica de Mogi das Cruzes é formada, por ex-alunos e que hoje são monitores do projeto “Pequenos Músicos”, e alunos em nível avançado e selecionados para o concerto.

O projeto de educação musical gerido pela Sinfônica Mogi, realizado nas escolas municipais, ainda segue descontinuado e aguardando posicionamento da Prefeitura de Mogi das Cruzes. Atualmente, mais de 70 profissionais estão sem remuneração desde janeiro de 2021, informou a Orquestra.

Essa notícia foi atualizada em 11 de maio de 2021 11:33

Compartilhar

O portal Notícias de Mogi utiliza cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade

Leia mais