MOGI DAS CRUZES

Autorizado início das obras do Centro de Convenções do Parque Leon Feffer, em Mogi

O prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo, assinou na tarde de terça-feira (11), no Parque Leon Feffer, a ordem de serviço para o início das obras do Centro de Convenções e Eventos que será construído no local, próximo ao estacionamento. Com prazo de execução de 12 meses, o equipamento terá 1.080 metros quadrados e deve receber eventos da programação cultural mogiana.

De acordo com a Prefeitura de Mogi das Cruzes, a edificação terá dois blocos, sendo um grande galpão – o salão de eventos – com altura interna livre (pé-direito) de 6,25 metros e área de 750 metros quadrados, além de um bloco mais baixo para as áreas de apoio. Esse segundo bloco terá entrada coberta, hall e sanitários públicos (com acessibilidade), cozinha e áreas de apoio, depósito e vestiários de funcionários.

O investimento é de R$ 2.025.882,44, repassados do Ministério do Turismo ao município a partir de uma emenda do ex-deputado federal mogiano Junji Abe. A empresa vencedora da licitação pública para a construção do Centro de Convenções foi a Piacon Construtora.

“Será uma obra que atrairá mais mogianos e também pessoas de outras cidades ao parque, pois vai melhorar muito a estrutura turística e lazer de Mogi das Cruzes como um todo”, disse Marcus Melo, ao lado de Junji Abe, do vice-prefeito Juliano Abe, dos secretários Romildo Campello (Gabinete e Ouvidoria Geral), Daniel Teixeira de Lima (Verde e Meio Ambiente) e Thiago Takeuchi (Obras), além do vereador Diego Martins, o Diegão.

Junji falou sobre a importância da obra e relembrou a construção do Parque Leon Feffer, que foi inaugurado durante seu primeiro mandato como prefeito, em 2002, tornando-se o primeiro parque urbano da história de Mogi das Cruzes. “Foi algo emblemático. A cidade tinha o Parque Municipal, que já não podia receber visitas como um espaço urbano naquela época e era dedicado à educação ambiental. Então, procurando áreas, identificamos um espaço apropriado, que estava abandonado e com cavas de mineração. Sua ótima localização, às margens do Rio Tietê, foi mais um requisito positivo para a construção do novo parque, e a homenagem à família Feffer completou o processo que resultou na criação do Parque Leon Feffer”, recordou Junji.

Reaberto ao público desde desde o dia 20 de julho, o Parque Leon Feffer funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h, e possui medidas de segurança reforçadas de prevenção contra o coronavírus, como pontos de distribuição de álcool gel, controle de público na entrada (máximo de 800 pessoas por dia) e faixas de orientação ao público.

Essa notícia foi atualizada em 12 de agosto de 2020 09:01

Compartilhar
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP. Possui mais de 10 anos de experiência em jornalismo online