Expo Mogi

Após polêmica com shows este ano, Prefeitura recebe sugestões para a Expo Mogi 2020

CULTURA
Depois de ser duramente criticada por parte da população devido ao dinheiro gasto com cachês de artistas que se apresentaram no evento de aniversário da cidade deste ano, a Prefeitura de Mogi das Cruzes decidiu abrir um fórum virtual para receber sugestões de artistas que marcarão presença na Expo Mogi 2020.

De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, qualquer um pode participar, porém apenas uma vez, e é possível indicar dois artistas, sendo um mogiano e outro de renome nacional.

O objetivo, segundo a administração municipal, é tornar o processo de seleção dos artistas o mais democrático possível e atender aos gostos e anseios da população com relação aos shows musicais da festa do próximo ano, que vai celebrar os 460 anos de Mogi das Cruzes.

“A Expo Mogi é uma festa da cidade, que visa sempre agradar ao mais diversos gostos. Por isso, decidimos lançar mão dessa ferramenta, que é prática e de fácil acesso a todos, para começarmos a definir quem podemos trazer para os shows da Expo Mogi do ano que vem”, afirmou o secretário, Mateus Sartori.

O prazo para o envio de sugestões é 28 de fevereiro do próximo ano. No formulário disponibilizado, é preciso se identificar, informar em qual cidade e bairro reside e, na sequência, já fazer a indicação dos dois nomes de artistas que gostaria de ver na Expo Mogi 2020.

Expo Mogi 2019

Desde que os valores das contratações dos artistas da Expo Mogi 2019 vieram à público, por meio do Diário Oficial, boa parte da população passou a questionar a Prefeitura de Mogi das Cruzes a respeito do investimento que será aplicado no evento.

Só com cachê, foram gastos R$ 545 mil, sendo R$ 195 mil com a Anitta, R$ 153 mil com Matheus e Kauan, R$ 110 com MC Kevinho; R$ 60 mil com Vitor Kley e R$ 27 mil com Rael.

Foto: Divulgação / Prefeitura de Mogi das Cruzes

Em abril, o Ministério Público de São Paulo (MP/SP) instaurou um inquérito para apurar possíveis irregularidades por parte da Prefeitura de Mogi na contratação dos artistas que se apresentaram na Expo Mogi 2019.

inquérito aberto pelo MP/SP tem o objetivo de investigar se houve enriquecimento ilícito ou dano ao patrimônio com o uso de dinheiro público para esses shows “em detrimento de serviços essenciais à população”.

A Prefeitura de Mogi das Cruzes se defendeu dizendo que “os artistas foram contratados com o objetivo de atender aos mais diversos gostos musicais e também visando o fomento ao turismo local”. Segundo a administração municipal, as contratações foram feitas de acordo com todas as normativas legais e publicizadas em Diário Oficial, sendo que os recursos provém do orçamento da Secretaria Municipal de Cultura e já estavam reservados para esta finalidade. “A aplicação dos recursos na festa não compromete e nem tem relação com qualquer outro serviço desempenhado pela Secretaria Municipal de Cultura ou outro órgão da Municipalidade”, garantiu a Prefeitura na ocasião.

Ainda de acordo com a Prefeitura, a Expo Mogi 2019 foi a maior edição da festa que a cidade já teve em termos de público. Ao longo de quatro dias, foram registradas 160 mil pessoas no evento, que contou com a apresentação de artistas mogianos, artistas renomados, feira de artesanato e praça de alimentação, comandada por entidades assistenciais que arrecadaram e mantiveram para a manutenção de seus projetos aproximadamente R$ 300 mil.

A festa como um todo injetou na economia da cidade um valor calculado pela administração municipal em R$ 3,5 milhões.

Expo Mogi 2019
Foto: Divulgação / Prefeitura de Mogi das Cruzes

Entre em nossos Grupos de WhatsApp e fique por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região


3 comentários em “Após polêmica com shows este ano, Prefeitura recebe sugestões para a Expo Mogi 2020

  1. Talvez a alternativa seja convidar artistas alternativos, em início de carreira, que tenham excelente repertório e sejam do gosto popular geral ao invés de contratar artistas caros e de gosto duvidoso

  2. Acho um absurdo e desnecessário estes shows que na verdade são inúteis e não agrega em nada,com o dinheiro destes “shows” apareceriam no mínimo vários upas e postos de saúde com remédios e materiais além dos hospitais,també melhorias em vários bairros carente até mesmo de saniamento básicos dinheiro público é coisa séria e tem beneficiar o público e musica shows só resolvem problemas dos artististas o povo não quer shows que solucões para cidade e bairros saúde e segurança

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *