MOGI DAS CRUZES

Agentes da EDP visitarão mogianos para orientar sobre o uso eficiente de energia

Cerca de 5 mil famílias da região de Jundiapeba, em Mogi das Cruzes, terão a oportunidade de tirar dúvidas, receber orientações sobre o uso seguro e eficiente da energia elétrica, se cadastrar na Tarifa Social de Energia Elétrica, que concede desconto à famílias de baixa renda, e ter lâmpadas de maior consumo substituídas por LED, sem sair de casa.

Até final de dezembro, os Agentes da Boa Energia, técnicos do projeto desenvolvido pela EDP, vão visitar residências do bairro. Segundo a distribuidora de energia elétrica do Alto Tietê, as visitas seguem todos os protocolos sanitários vigentes de combate à Covid-19.

Os Agentes orientam os moradores sobre dicas de economia de energia, para que a conta de luz caiba de forma saudável no orçamento doméstico, sobre a possibilidade de cadastro no programa Tarifa Social de Energia Elétrica, que permite desconto de até 65% na fatura, bem como sobre a renegociação de eventuais débitos com a Concessionária, com condições diferenciados. Além disso, cada família tem direito de substituir até oito lâmpadas de maior consumo por LED, que são mais econômica, duráveis e sustentáveis.

“O objetivo do projeto é orientar e estimular a população para a possibilidade de mudanças de hábitos que contribuam na utilização eficiente e segura da energia elétrica, além de contribuir na prática com a diminuição do consumo de energia a partir da substituição de lâmpadas”, reforça Roberto Miranda, gestor da EDP.

A iluminação, dependendo dos hábitos da família, pode representar cerca de 15% do consumo mensal de energia na residência e a substituição de lâmpadas incandescentes e fluorescentes por LED, pode ajudar efetivamente na redução do valor da conta de luz.

A ação faz parte do programa Boa Energia na Comunidade, que já beneficiou mais de 26.500 famílias na área de concessão neste ciclo do projeto (2020 – 2021), visando contribuir com a economia doméstica da população de baixo poder aquisitivo por meio da utilização eficiente da energia elétrica. De acordo com a EDP, os locais são mapeados a partir de critérios socioeconômicos. A iniciativa faz parte do Programa de Eficiência Energética – PEE da Distribuidora, regulada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Essa notícia foi atualizada em 15 de outubro de 2021 19:41

Compartilhar
Tudo sobre: Conta de luzEDP
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP. Possui mais de 10 anos de experiência em jornalismo online