Saldo de vagas de emprego

Saldo de vagas de emprego no Alto Tietê diminui 13,5% em abril

ALTO TIETÊ PRIORIDADE

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informou que, em abril, a região do Alto Tietê apresentou uma queda de 13,5% no saldo de postos de trabalho, em comparação com o mesmo mês do ano passado. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Enquanto abril de 2018 registrou saldo de 1,1 mil vagas, entre admissões e demissões; abril de 2019 fechou com saldo de 954 postos, sendo que foram 9.407 admissões e 8.453 demissões nas dez cidades da região (Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano).

Desempenho nacional

Ainda segundo o Caged, o Brasil registrou a abertura de 129.601 novas vagas de emprego com carteira assinada em abril, resultado de 1.374.628 admissões e 1.245.027 desligamentos.

Este foi o melhor resultado para abril desde 2013. Na época, o Caged registrou a criação de 196.913 vagas. Terceiro ano consecutivo de saldos positivos e crescentes no mês, o número reflete a recuperação do contingente de empregos formais em abril desde 2017. No acumulado do ano, de janeiro a abril, foram gerados 313.835 postos de trabalho e o estoque de empregos chegou a 38,7 milhões.

Sobre o Caged

Pertencente ao Ministério do trabalho, o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado como registro permanente de admissões e dispensa de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). É utilizado pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais.

O Cadastro serve, ainda, como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais.

Entre em nossos Grupos de WhatsApp e fique por dentro de tudo o que acontece em Mogi e Região


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *