MOGI DAS CRUZES

Prefeitura avança com projeto que investirá R$ 365 milhões em Cezar de Souza

A Prefeitura de Mogi das Cruzes segue captando recursos e avançando com o processo de licenciamento ambiental do Programa+Mogi Ecotietê, anunciado em dezembro do ano passado, com o objetivo de estruturar o crescimento organizado da região de Cezar de Souza.

De acordo com a administração municipal, o projeto está dividido em três eixos: socioambiental, saneamento básico e mobilidade e desenvolvimento urbano. O socioambiental prevê a construção de dois novos parques (localizados na rua Antonio de Almeida e na avenida Francisco Rodrigues Filho), além da ampliação do Parque Centenário e da recuperação das áreas verdes próximas ao rio Tietê. O investimento total será de R$ 14,5 milhões.

Já o eixo de mobilidade e desenvolvimento urbano inclui a construção da avenida Parque (Corredor Ambiental Ecológico Sustentável – CAES), sistema de vias e intervenção urbanística em Cezar de Souza. Outra ação será a implantação de 30 quilômetros de ciclovias interligando os parques e o Corredor Ambiental Ecológico Sustentável, bem como a construção de uma passarela sobre o rio Tietê. No total, serão 6,2 km de CAES, 3 novas transposições e ciclovias, com um investimento de R$ 143,9 milhões.

Na área de saneamento básico, o Programa + Mogi Ecotietê prevê a ampliação da capacidade da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Cezar de Souza, que passará de 142 para 460 litros por segundo. Também serão implantadas redes de abastecimento de água e de coleta de esgoto em Cezar de Soua, além do saneamento ambiental do Córrego Lavapés e Córrego dos Corvos.

O investimento nas ações de saneamento será de R$ 145,6 milhões. Com outros R$ 61,3 milhões reservados para desapropriações, gestão e supervisão técnica, o investimento total do programa será de R$ 365,3 milhões. Os recursos serão pleiteados junto ao Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF).

“O Programa + Mogi Ecotietê foi desenvolvido pensando no futuro da cidade, no crescimento organizado daquela área, que está em Cezar de Souza. Queremos conciliar o desenvolvimento econômico com a qualidade de vida que sempre tivemos em Mogi”, disse o prefeito Marcus Melo em abril, após reunião com o secretário estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, para discutir o processo de licenciamento ambiental das obras.

Essa notícia foi atualizada em 28 de agosto de 2019 13:04

Compartilhar
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP. Possui mais de 10 anos de experiência em jornalismo online