MOGI DAS CRUZES

Prefeitura de Mogi das Cruzes libera o funcionamento das feiras livres na cidade

A Prefeitura de Mogi das Cruzes liberou, a partir desta terça-feira (7), o retorno das feiras livres da cidade. A informação foi divulgada pelo prefeito Marcus Melo em uma transmissão ao vivo realizada na noite da última segunda.

De acordo com Melo, o principal motivo para a liberação das feiras é a necessidade de manter os empregos dos produtores e feirantes. Ainda segundo ele, será permitida apenas a comercialização de frutas, legumes, verduras, carnes em geral, ovos e flores, o que não envolve a venda alimentos prontos, como pastel, além de outros produtos.

O prefeito explicou também que a liberação vale apenas para feiras que costumam acontecer de segunda a sábado. “As feiras grandes que nós temos na cidade – da Cobal, de Jundiapeba, de Braz Cubas e de Cezar de Souza -, que são feiras de domingo, que têm inclusive uma característica de lazer, de atividade familiar, elas continuam interrompidas”, acrescentou Melo, pedindo, ainda, que quem for às feiras livres que utilize máscara.

O vice-prefeito, Juliano Abe, complementou dizendo que a Secretaria Municipal de Agricultura deverá impor limitações no número de pessoas que entram nas feiras, assim como foi feito após a reabertura do Mercado Municipal de Mogi das Cruzes. “O objetivo principal, quando o prefeito entendeu, junto com toda a equipe técnica de saúde, no tocante à paralisação e suspensão temporária dessas feiras, era por conta da aglomeração de pessoas. Neste momento, o Mercado Municipal retornou às suas atividades, mas retornou com restrições de acesso ao público, para evitar aglomeração. E a Secretaria Municipal de Agricultura fará a mesma coisa com relação às feiras livres de Mogi das Cruzes. Portanto, é importante que a população saiba: as feiras estarão de volta sim, mas nós queremos e pretendemos fazer com que não haja aglomeração”.

Segundo a Prefeitura de Mogi, as feiras terão um número menor de barracas e o espaçamento entre elas deverá ser de no mínimo 1 metro. O atendimento deverá obedecer a distância de 1 metro entre o cliente e a barraca. Será disponibilizado álcool em gel e os feirantes usarão máscaras. A orientação da Secretaria de Agricultura é de que vá até a feira uma pessoa por residência e que a compra seja feita de maneira rápida. Os clientes não poderão tocar nas mercadorias, que serão colocadas nas sacolas pelos feirantes.

Ainda segundo Abe, a reabertura das feiras vem também com o objetivo de controlar os preços dos produtos agrícolas vendidos na cidade. “As pessoas vêm reclamando muito com relação aos preços que algumas hortaliças e alguns produtos hortifrutigranjeiros vêm tendo dentro dos supermercados. E pela percepção e estudo que foi realizado pela Secretaria de Agricultura, nós passamos a entender que com a reabertura das feiras livres nós controlaríamos os preços dessas hortaliças dentro do mercado da cidade de Mogi das Cruzes, com a capacidade de outros comerciantes também proverem essa necessidade do dia a dia do mogiano”.

Programação das feiras

Terças-feiras, das 7h às 12h30
Jardim Camila – Rua Jorge Salvarani (Feira)
Vila Industrial – Rua Professora Ana Maria Bernardes (Feira)
Vila da Prata – Rua 7 de Setembro (Varejão)

Quarta-feira, das 7h às 12h30
César de Souza – Rua João Paulo I (Feira)
Conjunto do Bosque – Rua Fernando Namura (Feira)
Vila Natal – Rua José de Moura Resende (Feira)
Jundiapeba – Pátio José Manoel da Nóbrega (Varejão)

Quinta-feira, das 7h às 12h30
Vila Jundiaí – Rua Capitão Amado (Feira)
Mogi Moderno – Rua Pedro Machado (Feira)

Quinta-feira, das 16h às 21h30
Centro – Rua Braz Cubas, 470, na Secretaria de Agricultura (Feira Noturna)

Sexta-feira, das 7h às 12h30
Alto do Ipiranga – Avenida Maria Osório do Valle (Feira)
Alto São João – Avenida Manoel Pinto de Almeida (Feira)
Brás Cubas – Rua Gutherman, no Pátio de Brás Cubas (Varejão)

Sexta-feira, das 17h às 22h
Mogilar – Av Prefeito Carlos Ferreira Lopes, 550 (Varejão)

Sábado, das 7h às 12h30
Jardim Esperança – Rua Francisco Assis de Nazaré (Feira)
Jardim Maricá – Rua Ezelino da Cunha Glória (Feira)
Shangai – Centro Cívico (Feira)
Vila Nova Cintra – Rua José Benedito Medeiros de Aguiar (Feira)
Jardim Ivete – Rua João Geanete (Varejão)
Oropó – Rua Manoel Lino da Silva (Varejão)

Secretário de agricultura

Também na transmissão realizada na última segunda, o prefeito Marcus Melo anunciou que o secretário municipal de agricultura, Renato Abdo, testou positivo para o novo coronavírus (Covid-19).

“No último sábado (4) ele fez o teste e o teste deu coronavírus positivo para o secretário da agricultura de Mogi das Cruzes, então permanece a preocupação. O Renato estava trabalhando normalmente, como todos os secretários estão trabalhando, e ele teve o teste positivo confirmado”, afirmou o prefeito.

Antes de ser diagnosticado com coronavírus e ter sido afastado temporariamente das atividades, o secretário Renato Abdo vinha participando ativamente das negociações com agricultores da região para viabilizar a continuidade nas vendas de produtos agrícolas durante a quarentena que obrigou o fechamento do Mercado Municipal e das feiras livres da região.

Confira as últimas notícias sobre coronavírus em Mogi das Cruzes e Região

Essa notícia foi atualizada em 28 de maio de 2020 20:36

Compartilhar

O portal Notícias de Mogi utiliza cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade

Leia mais