Prefeitura de Mogi das Cruzes entregará nova creche no Botujuru nesta sexta (7)

A Prefeitura de Mogi das Cruzes entregará, nesta sexta-feira (7), às 10h, o Centro de Educação Infantil Municipal (CEIM) Padre Attílio Berta, no Botujuru. A creche fica na Rua do Rosário, nº 148, e terá capacidade para atender 200 alunos em período integral.

Com investimento de R$ 2.355.324,58, o prédio tem sete salas, dois berçários, além de áreas pedagógica, administrativa, serviços e de convívio. Construída no modelo sustentável, a nova creche possui soluções ecológicas, como placas fotovoltaicas e água de reuso, entre outros recursos ecológicos.

“Vamos entregar mais uma unidade, ampliando a oferta de vagas em educação infantil em nossa cidade. Serão atendidos 200 alunos em um prédio moderno com soluções sustentáveis, que fará a diferença na educação de nossas crianças”, disse o prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo.

Outras oito creches estão em construção, nos bairros da Vila Nova Estação, Jundiapeba (4), Vila São Sebastião (Jardim Santos Dumont), Vila Moraes e Socorro. Além disso, três unidades estão sendo ampliadas, sendo duas em Jundiapeba e uma no Parque Olímpico.

Sobre o patrono

O patrono da nova creche é o Padre Attílio Berta, que nasceu no dia 24 de março de 1931 na cidade de Visano, na Itália. Chegou ao Brasil em 1972 no estado do Tocantins e veio para Mogi das Cruzes em 1979, a convite do bispo Dom Emilio Pignoli.

Foi vigário em diversas paróquias da cidade e ocupou funções de destaque na Diocese. Em 1984, fundou a Associação das Discípulas e Discípulos de Maria, Mãe do Divino Amor, atualmente, Instituto Maria, Mãe do Divino Amor. 

Em 1988, iniciou o trabalho de assistência às crianças com a Escola Infantil, também, no bairro Botujuru e em 2008, construiu a Igreja Maria, Mãe do Divino Amor. Faleceu dia 3 de setembro de 2017, aos 86 anos.

O portal Notícias de Mogi utiliza cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade

Leia mais