CULTURA

Pianista mogiana Juliana Rodrigues libera singles de seu novo álbum: ‘Vive’

Já estão disponíveis nas plataformas digitas dois singles do novo álbum ‘Vive’, de Juliana Rodrigues Trio, composto pela pianista mogiana Juliana Rodrigues, o baterista Abner Paul e o baixista João Benjamin.

Essencialmente instrumental, o novo projeto do grupo busca permitir que a alma toque através do improviso e liberdade. O resultado vem em forma de arranjos repletos de estímulos e significados, capazes de se transformar à pessoalidade de cada um.

Para Juliana, por exemplo, há passagens que a aproximam muito de pessoas queridas, como na canção ‘Origem’, a primeira do álbum. Na música, os acordes da pianista acompanham o discurso de sua avó, Elisa, que conta sobre as dificuldades vividas por uma migrante de origem humilde.

Já em ‘Camarim, figurino e cenário’, um improviso gravado em homenagem à sua mãe faz Juliana relembrar de memórias felizes ao lado de Roselene, sua principal apoiadora. “Minha mãe era uma grande parceira e incentivadora de tudo. Ela fazia camarins monstruosos, bordava o figurino que eu usava para dançar quando era criança e me ajudava a pensar no cenário dos shows. É uma boa metáfora para dizer o quanto ela foi fundamental para que eu tivesse todos os recursos necessários para viver minha vida e minha arte”, conta a mogiana ao justificar o nome escolhido para a canção.

Vivências pessoais e familiares inspiraram muitas outras canções do disco, como ‘Sol’, escrita para a mãe de Abner. “Ela começa com um presente que ganhei da minha mãe, a kalimba, e quando entra a bateria eu faço um som que remete a chuva, porque esse barulho d’água me lembra a infância”, explica o músico.

É com essa densidade que ‘Vive’, cuja estreia virtual está marcada para 15 de abril, convida os ouvintes a uma experiência particular e única, com o poder de abduzir e ressignificar.

“Desde que comecei a tocar piano tenho o sonho de conseguir sentar e tocar simplesmente, de tê-lo como uma ferramenta para me expressar livremente tal qual a fala, sem precisar planejar o que direi através dele. ‘Vive’ me trouxe essa realização”, conta Juliana, que toca piano desde os sete anos de idade.

Quem já se sente pronto para a viagem, pode ir conhecendo um pouco do projeto através dos singles ‘Entre as Estrelas e o Chão’ e ‘Quatro Por Meia Dúzia’, disponíveis no Spotify e YouTube.

Vale ressaltar que a versão física de ‘Vive’ foi produzida com recursos da Lei Aldir Blanc. Os recursos repassados pelo governo federal possibilitarão a criação de 300 cópias do álbum.

Sobre a artista

Juliana Rodrigues nasceu em Mogi das Cruzes/SP, em uma família de músicos e, desde criança, tem contato e interesse por instrumentos. Estudou no Conservatório Souza Lima, na Escola de Música do Estado de São Paulo (Emesp) e no Newpark Music Centre, na Irlanda.

O primeiro disco do Juliana Cardoso Trio, ‘Mnemosine’, foi lançado em 2017. Depois disso, Juliana já tocou em palcos de peso, como o do ‘Instrumental Sesc Brasil’ e, ao lado dos companheiros, no ‘Festival Internacional Jazz al Este’, realizado no Paraguai.

Foto: Divulgação

Essa notícia foi atualizada em 5 de março de 2021 14:37

Compartilhar
Tudo sobre: Música
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP. Possui mais de 10 anos de experiência em jornalismo online