BRASIL

Pente-fino do INSS: novas regras podem bloquear benefícios

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) vem comunicando os segurados sobre as novas regras que revisarão os benefícios por incapacidade, mais conhecidos como auxílio-doença. As mudanças foram publicadas no Diário Oficial da União.

As novas regras de revisão dos benefícios dizem respeito à remarcação do exame pericial, da suspensão ou da cessação do pagamento, e dos casos excepcionais.

Os beneficiários já começaram a receber os comunicados, que estão sendo enviados por carta ou digitalmente de acordo com o cadastro de cada cidadão. Quem receber o aviso tem até 30 dias para agendar a perícia.

Para realizar o agendamento da avaliação médica será necessário acessar o site Meu INSS e clicar na opção Agendar Perícia ou entrar em contato pelo telefone 135.

O beneficiário poderá escolher a agência da Previdência Social para fazer o exame, independentemente daquela que mantém seu benefício e no dia agendado receberá uma senha na própria agência.

Caso o cidadão não tenha como comparecer no dia agendado, será permitida apenas uma remarcação que deverá ser justificada e provada pelo segurado. O pedido de reagendamento deverá ser feito até um um dia antes da data prevista para a avaliação médica.

O resultado da perícia deverá será liberado ainda no mesmo dia do exame e a consulta do resultado poderá ser feita pela central de atendimento no 135 ou pelo site do INSS.

Doenças que possibilitam a aposentadoria por doença permanente

  • Tuberculose ativa;
  • Hanseníase;
  • Alienação mental;
  • Esclerose múltipla;
  • Hepatopatia grave;
  • Neoplasia maligna;
  • Cegueira;
  • Paralisia irreversível e incapacitante;
  • Cardiopatia grave;
  • Doença de Parkinson;
  • Espondiloartrose anquilosante;
  • Nefropatia grave, estado avançado da doença de Paget (osteíte deformante);
  • Síndrome da deficiência imunológica adquirida (AIDS/HIV);
  • Contaminação por radiação, com base em conclusão da medicina especializada.

Essa notícia foi atualizada em 31 de agosto de 2021 10:41

Compartilhar
Tudo sobre: INSS
Redação

E-mail: contato@noticiasdemogi.com.br