MOGI DAS CRUZES

Mogianos fecham 2021 com R$ 14,6 milhões em dívidas inscritas no SCPC

Os mogianos saíram de 2021 com R$ 14.687.350,29 em dívidas inscritas no Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). A informação foi divulgada pela Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC), que alerta que o movimento é reflexo dos efeitos da pandemia de Covid-19, como a perda de renda e aumento do desemprego.

Segundo a ACMC, de janeiro a dezembro do ano passado, 7.370 moradores do município foram inscritos no cadastro e 3.241 deixaram a lista. Ao todo, o SCPC tem 15.256 mogianos com débitos abertos, número 5,9% maior que os 14.403 nomes registrados em 2020.

O levantamento do SCPC vai ao encontro de um estudo realizado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A entidade demonstrou que o índice de endividamento médio dos brasileiros em 2021, foi o maior em 11 anos. A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) revelou que o percentual foi de 70,9%, durante os 12 meses, enquanto em dezembro, atingiu 76,3% do total de famílias.

Comparando os números do SCPC de 2020, com os do ano passado, o valor total das dívidas inscritas no serviço teve uma alta de 1,9%, saindo de R$ 14,4 milhões para R$ 14,6 milhões.

O diretor do SCPC, Carlos Lapique orienta que os endividados busquem negociar seus débitos pessoalmente. “As instituições financeiras querem receber esses valores e nesses encontros é possível renegociar as dívidas com boas condições, como prazo maior para pagamento e redução de juros”, explica. Outra dica é que as famílias revejam seus gastos, evitem compras desnecessárias e realizem um planejamento financeiro para executar ao longo do ano.

Atualmente, metade das dívidas inscritas no serviço de proteção de crédito é de pessoas com débitos de até R$ 500,00. Outra parcela de 30% é de contas de R$ 1 mil, 15% de valores de até R$ 2 mil e 5% acima deste valor.
O perfil dos endividados é formado, em sua maioria, por homens, que compõem 70% do total de inscritos. Os mais jovens, com idade entre 26 e 40 anos, são os que mais devem (45%) seguido pelas pessoas com idade entre 41 a 60 anos (40%). De acordo com o SCPC, cerca de 90% dos inadimplentes possuem apenas um registro de débito.

Os telefones do SCPC de Mogi das Cruzes para informações são o 4728-4308 e 4728-4309.

Confira as últimas notícias de Mogi das Cruzes

Essa notícia foi atualizada em 24 de janeiro de 2022 14:32

Compartilhar
Tudo sobre: ACMC
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP