Mogi Basquete vence Franca por um ponto de diferença e cresce no NBB

ESPORTES

Em noite inspirada, o Mogi Basquete venceu o Franca por 83 a 82, nesta quarta-feira (29), no Ginásio Hugo Ramos, em Mogi das Cruzes, empatando com o adversário na segunda colocação do NBB (Novo Basquete Brasil), com 13 vitórias em 18 jogos, porém, os mogianos ainda permanecem na terceira posição por conta de saldos de cestas contra os francanos.

O Mogi Basquete teve um excelente início de jogo e levou a melhor nos dois primeiros quartos, com parciais de 17 a 11 (1º) e 26 a 19 (2º). No terceiro período, o jogo ficou equilibrado, apesar do domínio mogiano no placar, fechando em 24 a 24. O Franca reagiu no último período, passando à frente no placar pela primeira vez, fechando em 28 a 16, mas a equipe mogiana virou novamente e terminou o jogo com um ponto de vantagem.

O técnico do Mogi considerou esta uma vitória histórica. “Hoje o time cumpriu a risca o que determinamos em conjunto. Conseguimos tirar um time como o de Franca do jogo, com jogadores de qualidade internacional, e saímos com a vitória. Isso é muito importante para a gente seguir firme no campeonato e passar essa tempestade até a volta do Alexey e do João Pedro”, disse Guerrinha.

Os destaques da equipe foram os alas André Góes com 25 pontos, oito rebotes e duas assistências, e Danilo Fuzaro, com 15 pontos e oito rebotes. Também tiveram boas atuações o ala-pivô Alexandre Paranhos, com 11 pontos e seis rebotes, e o armador Fúlvio Chiantia, com nove pontos e 11 assistências.

“Jogamos um bom basquete hoje, diferente de segunda contra o Pinheiros. Terceiro jogo em cinco dias. A gente tem sofrido muito mais que as outras equipes, mas o importante foi ter maturidade para fechar o jogo e vencer. Estamos empatados com o Franca e só atrás do Flamengo, é uma excelente colocação, acho que ninguém imaginaria isso. Nós construímos isso e sabemos que para continuar vamos ter que elevar mais o nível, porque o campeonato está melhorando, os times todos melhoraram e sabemos que é uma classificação momentânea, mas vamos lutar pra continuar ali. Nos doamos ao máximo, e acho que a palavra chave do time é superação e vai continuar sendo. Espero que as lesões parem e vamos continuar nos superando”, afirmou André Góes.

Vale lembrar que o time não conta com o pivô João Pedro, que sofreu uma ruptura no tendão do bíceps do braço esquerdo; com o armador Alexey Borges, com uma lesão no menisco do joelho esquerdo; e com o pivô Luís Gruber, que rompeu o ligamento do joelho na Liga dos Campeões de Basquete, no dia 15 deste mês, e passará por cirurgia. Além deles, o armador Lucas Lacerda, que levou um pisão no pé no segundo quarto do jogo dessa segunda (27) e sofreu uma fratura ficará afastado por, pelo menos, oito semanas.

O próximo desafio do Mogi Basquete já é neste domingo (2) contra o Unifacisa, às 11h, também no Ginásio Hugo Ramos.

Entre em nossos Grupos de WhatsApp ou em nosso Canal no Telegram e fique por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região



Deixe um comentário:
Os comentários não representam a opinião do Notícias de Mogi e são de responsabilidade do autor da mensagem. Conteúdos com palavrões serão excluídos.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *