Mogi Basquete classificado

Mogi Basquete vence Cearense e está classificado para a semi final do NBB

ESPORTES PRIORIDADE

Em um jogo empolgante no Ginásio Municipal Hugo Ramos, em Mogi das Cruzes, às 19h do domingo de Páscoa, o Mogi Basquete superou o Cearense e se classificou para a semi final do NBB (Novo Basquete Brasil) 2019.

O Carcará – como é chamada a equipe do Ceará – começou a partida jogando bem, superando a equipe da casa do primeiro quarto (23×16).

No segundo quarto, os mogianos reagiram e conseguiram empatar o jogo (39×39). Do terceiro em diante, eles viraram o jogo e o dominaram até o último minuto do último quarto, quando o Cearense se aproximou na pontuação e chegou a empatar o placar (71×71). Mas um gancho decisivo de JP Batista, do Mogi, colocou a equipe na frente novamente (73×71), faltando quatro segundos para o apito final.

Os cearenses ainda conseguiram chegar até o canto do garrafão, na linha que delimita os três pontos, depositando todas as esperanças no último arremesso do jogo. Resultado: a bola bateu no aro e caiu para fora.

Shamell Stallworth foi o destaque da noite, com 26 pontos, seis rebotes e seis assistências. Além dele, se sobressaíram Gui Deodato, com 15 pontos; e JP Batista, com 13 convertidos e sete rebotes.

“Todo mundo sabia que esse jogo não seria fácil porque seria o tudo ou nada para eles. Estava bem trancado e nenhuma cesta foi fácil. Estávamos bem focados, mas precisávamos de paciência para construir. O jogo é situação. Conseguimos nosso objetivo para esta parte do campeonato por enquanto”, disse Shamell.

A vitória deu ao Mogi Basquete uma vaga na semi final do NBB, fechando as quartas com 3 a 0 para cima do Cearense. Esta é a quinta semifinal que o time chega em sete temporadas.

O técnico Guerrinha analisou a classificação do Mogi Basquete para a semifinal e citou a dificuldade da próxima fase da competição com adversários fortíssimos. “Nós fizemos um primeiro jogo lá muito inteligente e bom. O segundo desenvolvemos um bom jogo e tivemos inspiração individual do Gruber, do Pecos e Shamell. Hoje eles aproveitaram bem o jogo deles e nós não tivemos nada a mais. Tanto que fizemos 73 pontos. Era jogo para 85 e ter aberto diferença. Independente disso, mostra que é um campeonato. A temporada quis premiar uma equipe que conseguiu trabalhar mais e desenvolver mais o jogo. Agora vamos ver qual o nosso adversário, mas vamos ter muito mais dificuldade porque, além dessa intensidade, qualquer um dos dois (Bauru ou Franca) tem rotação maior do que a gente. As duas equipes são fortes, têm plantel, experiência.”

“Essa semifinal não vai ser fácil, mas o meu objetivo todo mundo sabe que é: levantar essa taça”, afirmou o ala Shamell.

Agora, os mogianos esperam o resultado entre Franca e Bauru para conhecer seu próximo rival. A série deles está em 1 a 0 para Franca e os dois próximos jogos acontecerão nos dias 22 e 24 em terras francanas.

Mogi Basquete vence Cearense e está classificado para a semi final do NBB
5 (100%) 2 vote[s]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *