MOGI DAS CRUZES

Mais de 7 mil empresas de Mogi têm direito ao auxílio emergencial municipal

A Prefeitura de Mogi das Cruzes informou que 7.687 empresas da cidade são elegíveis para receber o Auxílio Empresarial Mogiano, criado pela administração municipal com o objetivo de amenizar o impacto econômico causado pela pandemia de Covid-19.

Estabelecido pela Lei nº 7.662 de 14 de abril de 2021, o auxílio consiste no pagamento, por dois meses, de R$ 300, por empresa ou por empregado, limitado a cinco empregados por empresa, o que resulta no valor máximo de R$ 1.500. Com isto, a Prefeitura prevê um investimento de de R$ 6,7 milhões.

O auxílio será concedido aos contribuintes optantes pelo Simples Nacional com inscrição no cadastro mobiliário municipal, devendo obedecer aos seguintes critérios: estar em atividade (com movimentação econômica nos últimos 12 meses e que não estejam suspensas ou cassadas por inatividade); não exercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI); ter sido impactado pela pandemia do Covid-19, em razão das medidas restritivas impostas; exercer atividade não-essencial.

Como solicitar o auxílio

Para a solicitação, o empreendedor deverá seguir os seguintes passos:

  1. Acessar o link: https://auxilioempresarial.mogidascruzes.sp.gov.br
  2. Digitar o número do CNPJ
  3. Aceitar o Termo de Ciência das informações prestadas;
  4. Preencher as informações solicitadas no cadastro (todos os campos são obrigatórios)
  5. Anexar todos os documentos solicitados
  6. Conferir todos os dados informados
  7. Confirmar o cadastro e enviar a solicitação.

As empresas solicitantes deverão anexar os seguintes documentos durante o processo de solicitação:

  • Cópia da Inscrição Municipal (CCM – Cadastro de Contribuintes Mobiliários)
  • Cópia do CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica)
  • Cópia do último PGDAS (Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples Nacional)
  • Comprovante de envio e entrega
  • Cópia da última DEFIS (Declaração de Informação Socioeconômica e Fiscal)
  • Comprovante de envio e entrega
  • Cópia do último CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) ou E-social
  • Cópia da última GFIP (Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência)
  • Comprovante de envio e entrega
  • Cópia da última RAIS (Relação Anual de Informações Sociais)

A Prefeitura de Mogi das Cruzes prevê um prazo de sete a dez dias para avaliar a solicitação (aprovando ou rejeitando) e, após aprovação, até 5 dias para o respectivo crédito na conta bancária empresarial informada. A empresa solicitante receberá um e-mail informando o status da solicitação, sendo esta positiva ou negativa.

Dúvidas ou esclarecimentos adicionais podem ser sanados com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, pelo telefone/whatsapp (11) 4798-5171 ou pelo e-mail auxilioempresarial@mogidascruzes.sp.gov.br

Essa notícia foi atualizada em 25 de abril de 2021 12:41

Compartilhar

O portal Notícias de Mogi utiliza cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade

Leia mais