Fiscais impedem desmatamento em área de preservação ambiental em Suzano

ALTO TIETÊ

Uma denúncia anônima levou o Departamento de Fiscalização de Posturas de Suzano a descobrir um desmatamento ilegal no bairro Chácara Casemiro, em Palmeiras, na tarde desta quinta-feira (25). O atendimento da ocorrência teve apoio da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Secretaria de Meio Ambiente de Suzano.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (B.O.) registrado no Distrito Policial (DP) de Palmeiras, o flagrante se deu em uma área de preservação ambiental, no cruzamento das ruas Figueira e Limeira, por volta das 11 horas. No local, houve a constatação do corte ilegal de cerca de 30 árvores nativas e de sub-bosque (árvores em crescimento).

O diretor de Fiscalização de Posturas, Edson Tavares, afirmou que, ao chegar com sua equipe, encontrou no local um casal que se identificou como proprietário da área, além de três funcionários que trabalhavam na construção de um muro em volta. “Eles alegaram não serem os responsáveis pelo desmatamento e que a construção era justamente para coibir o ato criminoso e proteger a área invadida”, disse ele.

Os fiscais da Secretaria do Meio Ambiente conduziram todos à delegacia de Palmeiras para prestarem esclarecimentos à Polícia Civil. Uma perícia será realizada no local e inquéritos serão instaurados junto ao Ministério Público (MP) e à Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) para posterior investigação.

Entre em nossos Grupos de WhatsApp ou em nosso Canal no Telegram e fique por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região



Deixe um comentário:
Os comentários não representam a opinião do Notícias de Mogi e são de responsabilidade do autor da mensagem. Conteúdos com palavrões serão excluídos.