ALTO TIETÊ

Exposição ‘Donas da Rua’, de Maurício de Souza, começa nesta sexta em Itaquaquecetuba

A partir desta sexta-feira (1), a Prefeitura de Itaquaquecetuba promoverá a exposição Donas da Rua da História, da Mauricio de Sousa Produções, que visa mostrar, principalmente a crianças e adolescentes, que por trás de ações cotidianas existem meninas e mulheres inspiradoras em áreas como ciência, educação, empreendedorismo e esporte. A entrada é gratuita, mas precisa de agendamento.

Com o uso da imagem de personagens da Mauricio de Sousa Produções como a Mônica, Magali, Rosinha, Marina e Dorinha, a história de personalidades como a da escritora Clarice Lispector, da pintora Tarsila do Amaral, da artista plástica Tomie Ohtake e da ativista Malala Yousafzai evidenciam como meninas do Brasil e do mundo podem exercitar seu direito de ser o que quiserem.

A exposição fica disponível para visitação até o dia 3 de novembro, sempre de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na Secretaria Municipal de Cultura (avenida Vereador João Fernandes da Silva, 53 – Vila Virgínia). As visitas devem ser agendadas pelo telefone 11 4754-2111 para controle de acesso, seguindo os cuidados sanitários recomendados pelo governo estadual.

A parceria entre as secretarias de Cultura e de Políticas para Mulheres, que trazem Maria Ana Rosa e Hadla Issa ao comando, respectivamente, contempla o poder público pela primeira vez. Até então, a ação era feita apenas com empresas privadas. “A arte está inserida na vida desde a primeira infância e por isso a exposição traz a beleza da criança, mas contempla a importância da força feminina”, disse a secretária de Cultura.

O projeto se fundamenta no empoderamento de meninas, identidade, igualdade de direitos, diversidade, oportunidades, autoestima, segurança e direito à proteção, além de acesso aos esportes. “Queremos que nossas crianças e adolescentes entendam melhor conceitos como empoderamento e igualdade de oportunidades. É muito significativo promovermos ações assim”, disse o prefeito Eduardo Boigues.

Já a titular da pasta de Políticas para Mulheres acrescentou que esse momento é especial pois vai trazer uma mensagem forte. “Essa exposição mostra que a mulher pode ser empoderada já na infância. É uma mensagem fantástica a ser repassada para todas as idades.”

Essa notícia foi atualizada em 1 de outubro de 2021 11:37

Compartilhar
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP. Possui mais de 10 anos de experiência em jornalismo online