MOGI DAS CRUZES

Empréstimo de livros da Biblioteca Municipal de Mogi será retomado nesta quinta

A partir desta quinta-feira (22), o serviço de empréstimo de livros da Biblioteca Municipal Benedicto Sérvulo de Sant’Anna será retomado, porém com restrições, informou a Prefeitura de Mogi das Cruzes.

Os empréstimos serão feitos mediante prévio agendamento e a retirada e devolução das obras acontecerão de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 16h45, exclusivamente no piso térreo do Centro Cultural de Mogi das Cruzes, sem o acesso à Biblioteca em si. Haverá também controle na entrada do prédio e obrigatoriedade no uso de máscaras.

Ainda segundo a administração municipal, o agendamento dos empréstimos deverá ser feito pelos telefones pelos telefones 4798-6986 e 4798-6987, também de segunda a sexta-feira, 9h às 12h e das 13h às 16h45, ou a qualquer momento, pelo e-mail biblioteca.cultura@pmmc.com.br.

O atendimento presencial e acesso à biblioteca para estudos e pesquisas, por exemplo, permanecerão interrompidos, seguindo o que já vem sendo praticado desde março, em função do agravamento da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).   

Esta retomada parcial das atividades da Biblioteca foi possibilitada pela fase de transição, que autoriza a retomada de atividades comerciais, porém ainda com restrições. “Vamos retomar esse serviço de empréstimo dos livros, pois entendemos que é algo de suma importância para a cidade, mas ainda não vamos retomar a integralidade das atividades na Biblioteca em si, para evitar quaisquer riscos, em função da situação sanitária”, disse a secretária municipal de Cultura, Kelen Chacon.

De acordo com a Prefeitura de Mogi, todas as obras passarão por higienização antes de serem entregues ao munícipe e também após a devolução. Além disso, elas permanecerão alguns dias isoladas do restante do acervo, até que possam ser disponibilizadas novamente aos demais leitores.  

A Biblioteca Municipal existe oficialmente desde 1948. O acervo é composto por mais de 35 mil títulos dos mais diversos segmentos, dentre eles literatura brasileira, estrangeira, infantil, biografias, almanaques, dicionários, história e contos de Mogi das Cruzes. O equipamento possui ainda em seu acervo diversos títulos em Braille, sistema de leitura por meio do tato, direcionado a pessoas com deficiência visual.

Essa notícia foi atualizada em 22 de abril de 2021 10:12

Compartilhar
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP