Mogi das Cruzes já perdeu 1.099 postos de trabalho em 2019, segundo Caged

CIDADE PRIORIDADE
O Ministério do Trabalho divulgou, por meio do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), o saldo de vagas de emprego nos municípios de janeiro até julho deste ano. Mogi das Cruzes aparece na lista com saldo negativo de 1.099 postos de trabalho, tendo registrado 22.613 admissões e 23.712 desligamentos em 2019.

Vale lembrar que a cidade fechou os últimos dois anos com saldo positivo -em 2017 foram 1.632 novas vagas, ao passo que em 2018 foram criados 1.861 postos, de acordo com dados do Caged.

Apesar do saldo anual negativo, Mogi apresentou melhora em julho, encerrando o mês no azul, com 62 mais admissões que desligamentos.

Estado de São Paulo

A nível estadual, o resultado em julho foi de saldo positivo de 20.204 postos de trabalho, com 396.713 admissões e 376.509 desligamentos.

O único setor que apresentou queda no Estado de São Paulo em julho foi o da administração pública, com saldo negativo de 472 vagas. A área de serviços foi a que mais cresceu, com 8.273 novos postos; seguido pelo setor de agropecuária, com saldo de 5.392 vagas.

Entre em nossos Grupos de WhatsApp e fique por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *