Categorias
MOGI DAS CRUZES

Covid-19: Mogi das Cruzes tem cerca de 163 mil pessoas com a vacinação atrasada



A Secretaria Municipal de Saúde de Mogi das Cruzes informou que, atualmente, há cerca de 163 mil pessoas na cidade com alguma dose atrasada da vacina contra a Covid-19, entre adolescentes de 12 anos ou mais e adultos.



De acordo com o levantamento da pasta, do total de pessoas com doses atrasadas, aproximadamente 150 mil não tomaram alguma dose de reforço, enquanto outras 13,5 mil tomaram apenas uma dose da vacina e estão em atraso com a segunda aplicação.

Siga nosso Canal no WhatsApp e receba todas as notícias da cidade no seu celular!

Por conta da baixa adesão, a Prefeitura de Mogi das Cruzes informou que ampliou a vacinação contra Covid-19 em livre demanda para adolescentes a partir de 12 anos e adultos. A imunização sem necessidade de agendamento prévio estava prevista para terminar na última sexta-feira (6).



O objetivo da ação, segundo a administração municipal, é facilitar o acesso e ampliar a proteção contra o coronavírus, já que o município registra baixa procura pelo imunizante nas unidades de saúde.



O atendimento acontecerá de segunda a sexta-feira (dias úteis), em todas as unidades básicas de saúde e de saúde da família (UBSs e USFs), das 8h às 16h. A Prefeitura afirmou que pode haver distribuição de senhas, dependendo da capacidade da unidade.

Durante a vacinação em livre demanda, a Secretaria Municipal de Saúde disponibilizará o tipo de dose necessária a cada pessoa, conforme a indicação (1ª, 2ª, 3ª, 4ª ou 5ª dose), recomendada por idade.

Para crianças na faixa etária de até 11 anos, o agendamento permanece obrigatório pelo Clique Vacina ou diretamente na unidade de Programa Saúde da Família ou Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS) para a população cadastrada na respectiva unidade.

A Prefeitura de Mogi das Cruzes afirmou que, em relação à Pfizer Baby, indicada para crianças com idade de 6 meses até 2 anos e 11 meses, o estoque recebido do Governo de SP para esse público foi parcial e, por este motivo, a Secretaria de Saúde vem priorizando o atendimento a crianças com comorbidades.

“Inicialmente, realizamos a abertura de agendas para estas crianças com comorbidades e, com as vagas excedentes, serão liberadas doses para as demais crianças desta faixa de idade de 6 meses até 2 anos e 11 meses”, explica a enfermeira Lilian Peres Mendes, chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde.

“No momento, não há previsão de recebimento de novas vacinas da Pfizer Baby. Logo, estamos abrindo poucas vagas semanalmente, com as doses excedentes dos frascos destinados à segunda aplicação”, completa.

A Secretaria de Saúde de Mogi das Cruzes afirmou que já solicitou as doses, mas o Governo do Estado ainda não informou a previsão de envio por parte do Ministério da Saúde.

Doses de vacina da Covid-19 por idade

12 a 17 anos: até a 3ª dose (o reforço/ 3ª dose deve ser tomado 4 meses após a 2ª imunização)
18 anos ou mais: até a 4ª dose (reforço/ 4ª aplicação deve ocorrer 4 meses após a 3ª dose)

Imunodeprimidos graves (mediante comprovação com documentação médica):
12 a 17 anos: até a 4ª dose
18 anos ou mais: até a 5ª dose

Crianças até 11 anos (Coronavac, Pfizer Pediátrica ou Pfizer Baby):
Mediante agendamento pelo Clique Vacina (www.cliquevacina.com.br) ou diretamente na unidade de PSF e PACS para a população cadastrada na respectiva unidade.

Crianças de 5 a 11 anos
Indicação de 1ª e 2ª doses (sendo que a 2ª imunização deve ser feita com a mesma vacina utilizada na primeira dose)
Vacinas permitidas nesta idade: Coronavac (intervalo de 28 dias entre as doses) e Pfizer pediátrica (intervalo de 8 semanas entre as doses).

Crianças de 6 meses até 2 anos e 11 meses:
Indicação de 1ª, 2ª e 3ª doses com a vacina Pfizer Baby e os seguintes intervalos:
2ª dose: 4 semanas após a 1ª
3ª dose: 8 semanas após a 2ª

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região? Siga nossos perfis:

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região? Siga nossos perfis no Instagram e Google News e nossos canais no Telegram e WhatsApp

Compartilhe essa notícia: