Cinco mil famílias mogianas receberão kits com produtos da agricultura, diz Prefeitura

CIDADE PRIORIDADE

A partir desta quarta-feira (6), uma nova ação de apoio às pessoas impactadas pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19) será colocada em prática em Mogi das Cruzes. De acordo com a Prefeitura, a partir de um recurso proveniente da Fundação Banco do Brasil, kits compostos por alimentos da agricultura local serão adquiridos e serão entregues a 5 mil famílias da cidade, auxiliando tanto os produtores quanto pessoas afetadas economicamente pela quarentena.

Ainda segundo a administração municipal, o recurso é de R$ 1 milhão e sua gestão ficará a cargo da Cooperativa dos Produtores Rurais de Jundiapeba e Região (Cooprojur) e pelos Agricultores do Quatinga, parceiros da iniciativa, que farão a compra dos gêneros alimentícios diretamente dos agricultores da cidade. Já a identificação das famílias a serem beneficiadas foi feita pela Secretaria Municipal de Assistência Social, por meio do programa Acessuas/Conduz, que fez um levantamento com base nos cadastros de pessoas já assistidas pelos equipamentos e entidades sociais da cidade. 

A Prefeitura afirmou que cada família será atendida em duas ocasiões ( neste e no próximo mês), portanto, no total, serão entregues 10 mil kits de produtos da agricultura familiar. Eles serão compostos por pacotes de arroz, feijão, açúcar, frutas, legumes, verduras e também sabonetes.

As entregas foram divididas em etapas e a primeira começa nesta quarta-feira (6), com seis dias de entrega e 2.5000 kits disponibilizados. Os kits serão levados a entidades e equipamentos sociais e esses farão o encaminhamento para as famílias referenciadas.

No primeiro dia, as entregas serão realizadas na Associação Missionária Catequista do Sagrado Coração, Associação Mogicruzense para a Defesa da Criança e do Adolescente (AMDEM), Instituto Amor Misericordioso, Núcleo Aprendiz do Futuro e Trabalho de Apoio ao Deficiente (Tradef).

De acordo com a administração municipal, ao todo, 100 produtores locais de itens como frutas, legumes e hortaliças deverão ser beneficiados. A ideia é que outros produtos não perecíveis, como arroz, feijão e açúcar sejam adquiridos de pequenos estabelecimentos, como uma forma de incentivar o comércio local. 

“É um trabalho em rede, que une quem está precisando vender no campo às pessoas que, com a pandemia, estão necessitando de alimentação. O objetivo é apoiar o processo de comercialização dos agricultores familiares e o provimento básico de alimentos e material de higiene às pessoas vulneráveis impactadas pela Covid-19”, disse a secretária municipal de Assistência Social, Neusa Marialva. 

A iniciativa partiu da Fundação Banco do Brasil, que busca auxiliar a agricultura familiar. O intermédio entre a instituição e a Prefeitura se deu por meio da Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável (CDRS/ antiga Cati), órgão oficial de Assistência Técnica e Extensão Rural no Estado de São Paulo.

Confira as últimas notícias sobre coronavírus em Mogi das Cruzes e Região

Entre em nossos Grupos de WhatsApp ou em nosso Canal no Telegram e fique por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região



Deixe um comentário:
Os comentários não representam a opinião do Notícias de Mogi e são de responsabilidade do autor da mensagem. Conteúdos com palavrões serão excluídos.

3 comentários em “Cinco mil famílias mogianas receberão kits com produtos da agricultura, diz Prefeitura

  1. Como fasso pra receber esse kits pois tô precisando muito moro em jundiapeba tenho quatros filhos e tô desempregada alguém pode me ajudar

  2. Muito boa essa parceria, fico muito feliz, todo mundo se ajudando, eu também, costumo fazer panos de prato pra vender e com a renda dos panos eu crio 2 netos a 6 anos, graças a Deus eu tenho a guarda deles, gostaria muito de poder ganhar está cesta , vai me ajudar muito, principalmente agora que ninguém pode sair de casa, desde já agradeço de todo coração, bjs meu Emily Vitor.

Comments are closed.