BRASIL

Bolsa do Povo SP: veja benefícios com inscrições abertas e saiba como fazer cadastro

O Bolsa do Povo é um programa do Governo de SP que conta com 16 benefícios destinados a pessoas em situação de vulnerabilidade social. Muitos deles não exigiram cadastro ou já tiveram seus prazos de inscrição encerrados, no entanto, alguns seguem inscrevendo novos beneficiários.

Aqueles que se enquadrarem nos critérios ainda podem se cadastrar em pelo menos três diferentes benefícios. São eles: Educação – Ação Estudantes, Bolsa Empreendedor e CPS Estudantes. Confira abaixo mais informações sobre cada um dos programas.

Bolsa do Povo Educação – Estudantes

Sob gestão da Secretaria da Educação, o Bolsa do Povo Educação – Ação Estudantes tem como objetivo garantir o vínculo dos estudantes mais vulneráveis com o ambiente escolar. Para isso, a SEDUC e a SEGOV irão contemplar 300 mil estudantes matriculados na rede pública estadual de ensino com R$ 1.000 e os pagamentos serão feitos proporcionalmente ao ano letivo.

Para participar é necessário:

  • Estar regularmente matriculado no Ensino Médio da rede estadual de ensino*;
  • Estar em situação de pobreza ou extrema pobreza de acordo com o Cadúnico;
  • Cumprir as condicionalidades previstas pelo Programa

*Poderão ser contemplados também estudantes de 9º ano se houver recurso após o atendimento dos estudantes de Ensino Médio, de acordo com a Resolução.

Clique aqui para fazer o cadastro no Bolsa do Povo Educação – Estudantes

Bolsa Empreendedor

Sob gestão da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, o Bolsa Empreendedor é um programa do governo que tem o objetivo inédito de apoiar os empreendedores informais em situação de vulnerabilidade do Estado de São Paulo. Para isso, a ação está estruturada em três pilares de oferta aos cidadãos: curso de qualificação empreendedora, formalização (MEI) e bolsa-auxílio de R$ 1.000, dividido em 2 parcelas de R$ 500. 

Para quem quer abrir uma MEI, ter um pequeno negócio ou se formalizar e crescer, o Bolsa Empreendedor é perfeito. O Programa é aberto a todos os desempregados ou informais, mas a prioridade é para mulheres, jovens, pretas(os), pardas(os), indígenas ou PCD. O prazo de inscrições termina no dia 3 de janeiro de 2022.

Quem pode participar?

  • Alfabetizados
  • Maiores de 18 anos
  • Desempregados ou MEI
  • Morador do Estado de SP

Vagas prioritárias:

  • Pessoas com baixa renda
  • Mulheres
  • Pretas, pardas ou indígenas
  • Jovens (18-35 anos)
  • Pessoas com deficiência

Clique aqui para fazer o cadastro no Bolsa do Povo Empreendedor até 3 de janeiro

CPS Estudantes

Estão abertas as inscrições para o Bolsa do Povo – CPS Estudantes, que pagará R$ 100 mensais, durante 10 meses, para alunos das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs). Alunos que se formem em 2022 devem fazer sua inscrição apenas em janeiro do próximo ano.  

O benefício será concedido a estudantes cujas famílias tenham renda de até meio salário mínimo. Para se candidatar, o aluno não pode receber benefício semelhante de outros órgãos de governo.

Quem for selecionado deverá ter frequência mínima de 80% e participar de 60 horas de capacitação ao longo do semestre. A bolsa só não será paga nos meses de janeiro e julho, quando ocorrem as férias e o recesso escolar.

A iniciativa do Governo do Estado de São Paulo visa incentivar os jovens a permanecerem na escola e concluírem seus cursos. “Também é uma ação de acolhimento dos estudantes nessa retomada presencial das aulas e uma forma de contribuir para mitigar os impactos da pandemia de Covid-19”, afirma o coordenador de projetos do Centro Paula Souza Adriano Di Gregório.

Clique aqui para fazer o cadastro no Bolsa do Povo CPS Estudantes até 30 de novembro

Siga nossa página no Google News e receba mais notícias sobre o Bolsa do Povo SP

Essa notícia foi atualizada em 30 de novembro de 2021 15:51

Compartilhar
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP. Possui mais de 10 anos de experiência em jornalismo online