MOGI DAS CRUZES

1º Circuito Turístico e Histórico de Mogi será realizado no aniversário da cidade

A Vila Helio, na região central, será o ponto de partida do 1º Circuito Turístico e Histórico de Mogi das Cruzes, que será realizado no dia 1º de setembro, das 9h às 11h, em comemoração ao aniversário da cidade. O passeio é gratuito.

Chamado de walking tour (passeio a pé, em tradução livre), o percurso, que será guiado, terá duas horas de duração e seguirá da praça da Vila para o Memorial Helio Borenstein, no mesmo espaço. O Memorial traz fotos e informações sobre a fundação da Vila e o seu crescimento – que faz parte da história de Mogi – até os dias de hoje, com a recém-realizada revitalização.

De lá, o grupo seguirá para o Mercado Municipal, a Igreja Matriz, o Obelisco, Museu dos Expedicionários, Theatro Vasques, Igreja do Carmo, Museu Guiomar Pinheiro Franco e Casarão do Carmo, que neste dia estará aberto para visitação.

Qualquer pessoa pode participar do tour, basta comparecer à Vila Helio, às 9h do dia 1º de setembro (quarta-feira, feriado).

Sobre a Vila Helio

A Vila Helio foi fundada em 1951 pelo imigrante ucraniano Helio Borenstein. Ele veio para o Brasil de navio, fugindo da perseguição aos judeus em seu país, deflagrada durante a Primeira Guerra Mundial e a Revolução Russa. Sem falar português, veio parar em Mogi das Cruzes por engano, mas decidiu ficar, com apenas um marco alemão no bolso (o equivalente a cerca de R$ 3,35 em valores atuais). Começou a vida profissional como entregador de móveis e com esforço, muito trabalho e visão empreendedora, construiu um patrimônio com muitos imóveis (entre eles, os da Vila Helio), empresas e inúmeros bens pessoais.

Em 2018, a Vila Helio começou a passar por uma grande transformação, patrocinada exclusivamente pelo Grupo Marbor, administrador do local. Com estilo inspirado na arquitetura toscana, o espaço se tornou um centro de gastronomia e serviços a céu aberto, com vários espaços de convivência, paisagismo acolhedor e várias opções de restaurante, café, confeitaria, bar (no térreo dos prédios), além de empresas de diversos setores de prestação de serviço, como dentistas, imobiliárias, escolas, estúdios de tatuagem, transportadora e muitos outros (na parte interna dos edifícios comerciais).

Com paisagismo e outros detalhes charmosos, a Vila tem sido escolhida com frequência para ser cenário de ensaios fotográficos, gravação de reportagens e clipes, além de virar ponto de visitação.

O livro “Vila Helio, da fundação à Marbor”, lançado em maio deste ano e que já está em sua segunda impressão, estará disponível para compra no Memorial Helio Borenstein a um valor especial de R$ 29,90 (dinheiro ou pix). A publicação, que conta com detalhes a história da Vila, de Mogi e do Grupo Marbor, tem registros inéditos.

Essa notícia foi atualizada em 8 de outubro de 2021 16:07

Compartilhar
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP