Mogi Basquete vence o São Paulo no Hugão pelo Campeonato Paulista

ESPORTES
O Mogi Basquete venceu o São Paulo de virada, por 83 a 76, na noite de sábado (3), no Ginásio Hugo Ramos. É a segunda vitória do time pelo Campeonato Paulista – a primeira foi na quinta (1º), contra a Liga Sorocabana.

Os mogianos finalizaram o primeiro quarto atrás (20 a 28), mas reagiram e, do segundo período em diante, conseguiram manter-se à frente, mesmo tendo feito menos pontos que os paulistanos no último quarto: 22 a 11 (2º quarto), 28 a 14 (3º) e 13 a 23 (3º).

O armador Alexey Borges foi o cestinha da noite, com 22 pontos e nove assistências, somando 29 de eficiência. Além dele, também marcaram mais de dois dígitos o ala-pivô Luís Gruber, com um duplo-duplo de 19 pontos e 10 rebotes, o ala Danilo Fuzaro, com 16 pontos e sete assistências, e o pivô João Pedro Demétrio, com 12 pontos convertidos. O ala André Góes se destacou com nove rebotes.

O técnico do Mogi Basquete, Guerrinha, valorizou o poder de reação da equipe. “Esse é o sistema hiena que falamos. Duas, três hienas, uma morde na cabeça e a outra no pé. Temos que ter esse espírito para tirar a diferença da experiência, da qualidade e até do físico. O time comprou a ideia e está fazendo. O importante hoje foi, depois de estarmos atrás no placar no primeiro quarto, tirar a diferença e abrir 20 pontos. Foi muito bom para a construção do time”, disse ele.

Alexey falou sobre a sua garra e vontade de defender a camisa mogiana dentro de quadra: “Agora é a minha vez de tentar fazer a minha história aqui. Vim para cá com esse objetivo e vou defender o Mogi com todas as minhas forças e hoje não foi diferente. No primeiro quarto a gente deu muita liberdade para eles, mas no segundo quarto em diante aumentamos a intensidade e eles passaram a não arremessar com facilidade mais. A equipe está crescendo e vai continuar melhorando. A gente tem abraçado o que o Guerrinha está pedindo para a gente e já deu bons frutos nesses primeiros jogos.”

“Sem dúvida, a gente começou de uma maneira diferente do que começou contra o Sorocaba. A gente conseguiu se recuperar, o que é um ponto positivo muito bom para a equipe, se manteve no jogo mesmo abrindo 10 pontos no começo e conseguiu administrar uma boa vantagem no final. Caímos um pouco no último quarto, mas a equipe está de parabéns. Todo mundo se esforçou ao máximo e saímos com uma bela vitória em casa”, completa o ala-pivô Luís Gruber.

A partida marcou o reencontro da equipe mogiana com o ala Shamell Stallworth, que agora defende o tricolor.

Próximos desafios

Os próximos jogos do Mogi Basquete serão no dia 8, em São José do Rio Preto, às 19h, contra o time da casa; no dia 10, contra o Franca, também no interior do Estado; e no Hugão, no dia 14, às 20h, contra o Pinheiros.

Entre em nossos Grupos de WhatsApp e fique por dentro de tudo o que acontece em Mogi das Cruzes e região

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *