ALTO TIETÊ

Aberto na quinta, Hospital de Campanha de Suzano já tem cinco pacientes internados

O Hospital de Campanha instalado nas dependências da Arena Suzano, no Parque Max Feffer, já conta com cinco pacientes internados em decorrência do novo coronavírus (Covid-19), informou a Prefeitura de Suzano. A estrutura iniciou atendimento na última quinta-feira (30) e tem capacidade para 80 leitos, sendo 70 de observação e dez avançados, com respiradores.

Dos cinco pacientes internados, um se encontra na ala de alta complexidade, conforme balanço da administração municipal feito na última segunda-feira (4). Segundo a Prefeitura, o encaminhamento para cuidados no Hospital de Quarentena se dá por meio de indicação médica, após exames e protocolos de avaliação aplicados no Pronto-Socorro Municipal (PS).

O secretário de Saúde, Luis Claudio Guillaumon, afirmou que em Suzano, a população conta com o serviço de telemedicina e o atendimento nas UBS e USF (Unidades Básicas de Saúde e de Saúde da Família), que são a primeira referência para quem apresenta sintomas do novo coronavírus. Em caso de necessidade, avaliações e exames serão realizados com a equipe do PS, que determina o eventual encaminhamento do paciente.

Durante o tratamento na unidade de quarentena, se houver necessidade de transferência, o paciente será incluído no sistema da Central Reguladora de Oferta de Serviços de Saúde (Cross), gerida pelo Governo do Estado de São Paulo, e aguardará a liberação de leito em algum hospital de referência.

De acordo com a administração municipal, o boletim de ocupação dos leitos no Hospital de Quarentena será atualizado diariamente nos canais oficiais da prefeitura nas redes sociais, assim como acontece com a divulgação dos números de infectados com a Covid-19. Até o momento, Suzano registra 216 casos positivos, sendo que 21 pessoas vieram a óbito e 63 já se recuperaram.

A estrutura montada na Arena Suzano teve investimento de R$ 527 mil. Ao todo, conta com até 150 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, assistentes sociais, farmacêuticos, técnicos de farmácia, auxiliares de limpeza, auxiliares de rouparia, funcionários administrativos e controladores de acesso, 24 horas por dia. A gestão hospitalar e administrativa está sob responsabilidade do Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde (INTS).

Confira as últimas notícias sobre coronavírus em Mogi das Cruzes e Região

Essa notícia foi atualizada em 5 de maio de 2020 18:06

Compartilhar
Leandro Cesaroni

Jornalista graduado pela FIAM e pós-graduado em jornalismo cultural pela FAAP. Possui mais de 10 anos de experiência em jornalismo online